ULCV

/ Institucional

O Grande Desafio

Há décadas que muitos líderes políticos, empreendedores de renome, intelectuais afamados e outros responsáveis, vêm alertando para a necessidade de combater o atraso educacional existente nos Países de Língua Portuguesa.

Os Estabelecimentos do Ensino do “Grupo Lusófona”, seja no Brasil, seja em Portugal, em Angola ou Moçambique, na Guiné-Bissau ou em Cabo Verde, têm como missão pesquisar e investigar para que haja mais conhecimento, mais tecnologias, mais ensino, mais promoção da cultura, das ciências, das artes e das tecnologias, em ordem ao desenvolvimento dos Países e Povos do espaço lusófono.

Estamos solidários com todos os que fazem o mesmo que nós; concorrentes ou competidores, temos objetivos comuns: que os países e povos lusófonos sejam tão desenvolvidos como os falantes de qualquer outra língua!

Para isso é necessário vontade, mobilização dos Estados e de iniciativas oriundas da sociedade civil, respeitar os princípios da liberdade de ensinar e apreender, a livre iniciativa de criar escolas e a livre escolha de estabelecimento educativo. Isto é o que deve ser feito. O resto é com Deus.

Praia, 22 de julho de 2013. Manuel de Almeida Damásio Presidente do Grupo Lusófona